terça-feira, 19 de março de 2013

Febrace 2013: premiadas fazem história no Imunologia nas Escolas

A Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia) terminou no dia 16 de março de 2013, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo. Duas alunas premiadas no evento, Laura Tonidandel, 16 anos, e Sabrina Alves Santos, 17 anos, fazem parte da trajetória do Projeto Imunologia nas Escolas.

Na feira, Laura foi selecionada para compor a delegação de 18 melhores trabalhos do Brasil para a Intel ISEF (Intel International Science and Engineering Fair), que acontece em maio, nos EUA. A estudante ainda ficou em primeiro lugar na categoria Ciências da Saúde, como projeto individual; em segundo lugar no quesito Rigor Científico, entre todos os trabalhos da Febrace; e recebeu uma menção honrosa da American Society for In Vitro Biology.

Sabrina foi premiada na feira com o terceiro lugar na categoria Ciências da Saúde, também como projeto individual.
  
Laura Tonidandel estudou células mensequimais humanas e Sabrina Santos pesquisou sobre poluição e desenvolvimento ósseo - Patricia Santos/iii-INCT

Caminhos que se cruzam


Laura estuda no Colégio Dante Alighieri. Sabrina é aluna da Escola Estadual Romeu de Moraes. As estudantes de escolas paulistanas foram vizinhas de estande na Febrace e, além deste acaso, elas estão em diferentes páginas da história do Projeto Imunologia nas Escolas.

Aos 14 anos, Laura foi uma das primeiras alunas a desenvolver pesquisa de Pré-Iniciação Científica (Pré-IC) no Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da USP (InCor/FMUSP). A interação entre pesquisadores e a aluna deu tão certo que ajudou a inspirá-los para novas aproximações com a educação básica.

A partir de 2009, a pesquisadora do InCor, Verônica Coelho, junto com um grupo de pós-graduandos e cientistas iniciaram o Projeto Imunologia nas Escolas. A iniciativa faz parte das ações do iii-INCT (Instituto de Investigação em Imunologia / Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia), que por sua vez, é sediado no InCor.

As atividades mensais começaram em 2010 na Escola Estadual Romeu de Moraes. Em 2011, o Projeto começou a fazer parte do Programa de Pré-IC da USP. Hoje, 12 alunos e 13 pesquisadores e 3 coordenadores formam o núcleo de Pré-IC no Imunologia nas Escolas.

Sabrina, que é do primeiro grupo de Pré-ICs da Romeu de Moraes, se vê cada vez mais próxima de tornar realidade o sonho de cursar Medicina. Laura quer partir para novas descobertas e alcançar uma vaga no curso de Direito.

Nós, do Projeto Imunologia nas Escolas, ficamos encantados ao ver os resultados e principalmente a transformação desses alunos. Instigar a participação da ciência na educação básica é a essência de nossa história!

Premiadas na Febrace

Laura Tonidandel 

"Modificação da capacidade tronco das células mesenquimais humanas: a relação entre a positividade da Beta-Catenina com a proliferação e especialização celular"
Orientadoras: Carolina Lavini Ramos, Verônica Coelho, Laboratório de Imunologia do InCor
Professora Orientadora do Colégio Dante Alighieri: Sandra Maria Rudella Tonidandel

Sabrina Alves Santos 

"Efeitos da exposição à poluição na cidade de São Paulo sobre o desenvolvimento ósseo do feto: uma abordagem experimental"
Orientadora: Mariana Matera Veras, Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da USP
Professor supervisor na Escola Estadual Romeu de Moraes: Francisco Cardoso




terça-feira, 12 de março de 2013

Alunos de Pré-Iniciação Científica participam da Febrace

Chegou a hora! Um pouquinho de frio na barriga faz parte, mas os alunos do Projeto Imunologia nas Escolas estão bem preparados e vão encarar a Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia). O evento acontece na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), de 12 a 16 de março de 2013, na cidade de São Paulo.

Alunos de Pré-IC, Aryel Kim e Ana Luisa Ferraz, em atividades de leboratório as orientadoras Alessandra Schanoski (esq) e Daniele Silva - Diego Freire/iii-INCT  


Aryel Silva, Ana Luisa Ferraz, Nayara Pina e Sabrina Santos representarão o Imunologia nas Escolas na feira. Eles foram alunos de Pré-Iniciação Científica (Pré-IC) em 2012, ação coordenada pelo Instituto de Investigação em Imunologia - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (iii-INCT), vinculada ao Programa de Pré-IC da Universidade de São Paulo (USP).

Esses estudantes, que hoje estão no terceiro ano do ensino médio da Escola Estadual Romeu de Moraes, desenvolveram projetos de pesquisa em laboratórios da USP, passaram pela seleção de trabalhos da Febrace e agora vão compartilhar suas experiências na feira.

A Febrace é realizada desde 2003. Neste ano, há 330 projetos de estudantes do ensino básico de 25 estados brasileiros e do Distrito Federal. O evento tem o objetivo de despertar nos jovens o interesse pela ciência, estimulando a criatividade, a inovação e o empreendedorismo.

Premiação

Os trabalhos que fazem parte da feira serão analisados pelo Comitê de Avaliacão. Os autores dos melhores projetos poderão receber medalhas, equipamentos de informática, bolsas de estudo, entre outros prêmios oferecidos pelo evento. Os premiados poderão ainda ser selecionados para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que acontece em Phoenix, Arizona (EUA), de 12 a 17 de maio de 2013.

Para curtir

Além das premiações principais, a partir da Mostra Virtual da Febrace os projetos recebem o prêmio de Votação Popular. O botão "Curtir" estará disponível em cada projeto de 11 a 14/3. Conheça os projetos dos nossos Pré-ICs: 

Além da mostra de trabalhos dos alunos, diversas atividades para estudantes, professores e orientadores estão na programação do evento. A entrada é gratuita.
Ocorreu um erro neste gadget